Queda de menino em atração no Beto Carrero World: o que se sabe e o que falta saber

Queda de menino em atração no Beto Carrero World: o que se sabe e o que falta saber

  • Queda de menino em atração no Beto Carrero World: o que se sabe e o que falta saber


Menino sofreu traumatismo craniano ao cair de brinquedo na tarde de sábado (19) — Foto: Reprodução NSC

Menino sofreu traumatismo craniano ao cair de brinquedo na tarde de sábado (19) — Foto: Reprodução NSC


Veja o que se sabe e o que ainda falta saber sobre a queda do garoto de 6 anos de uma atração no Beto Carrero World em Penha, no Litoral Norte catarinense, em 19 de junho. Ele sofreu traumatismo craniano, segundo uma familiar, e segue internado.

  • Quando ocorreu a queda?
  • Como ocorreu o acidente?
  • Como ocorreu o socorro?
  • Qual é a situação clínica da criança?
  • A polícia investiga o caso?
  • O que a família diz?
  • O que o parque diz?
  • Há restrições de funcionamento do parque em dias de chuva?

Quando ocorreu a queda?

O menino de 6 anos caiu no dia 19 de junho de uma atração no Beto Carrero World. Segundo a administração do local, ele estava na estrutura de uma estátua de um gorila, onde visitantes costumam tirar fotos, quando ocorreu a queda. Chovia no parque.

Menino cai durante foto em parque e fica em estado grave
--:--/--:--

Menino cai durante foto em parque e fica em estado grave

Durante o passeio, o menino estava acompanhado da mãe, do pai e da madrinha. A família é de Curitiba (PR). Segundo Ana Claudia Lima, amiga dos pais do garoto, o valor do passeio que foi presente de aniversário para o garoto, foi dividido entre pessoas próximas.

Como ocorreu o acidente?

Segundo o advogado da família, o garoto solicitou aos pais para que fosse tirada uma foto na atração chamada “ O Gorila”. O menino subiu no local indicado para ter acesso a mão do "Gorila" e poder tirar a foto desejada.

De acordo com o defensor, ainda sobre o capô da camionete, que faz parte da estrutura, um rugido alto foi emitido pela estátua de gorila enquanto o menino se posicionava para tirar uma foto: "Ele se assustou, caiu e bateu a cabeça". A defesa ainda atribuiu a queda ao fato de a estrutura estar escorregadia em razão da chuva.

"Neste momento insta salientar que tal atração não tinha sequer placa com indicação etária e nenhum aviso que a atração produzia um som alto ou que poderia ocasionar escorregões, devendo até estar interditado pois o brinquedo estava extremamente liso", consta na nota de esclarecimento dado através de advogado.

O parque temático não deu detalhes sobre a dinâmica da queda do garoto, mas informou que ele "estava se divertindo com sua família, acabou se desequilibrando no momento desse click lúdico no Gorila e caiu".