Número de feminicídios no estado de São Paulo sobe 26% em 2018


Número de feminicídios aumentou 26% no ano passado em SP

O número de feminicídios no estado de São Paulo subiu 26,6% em 2018, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública. Foram registrados 119 casos de janeiro a novembro de 2018, contra 94 no mesmo período do ano anterior. O crime ocorre quando a vítima é morta pela condição de ser mulher.

Apenas na primeira semana de 2019, cinco casos de feminicídio e outras tentativas já foram registrados no estado. (Leia mais abaixo)

Feminicídios registrados no estado de São Paulo — Foto: Reprodução/TV GloboFeminicídios registrados no estado de São Paulo — Foto: Reprodução/TV Globo

Feminicídios registrados no estado de São Paulo — Foto: Reprodução/TV Globo

Um levantamento realizado pelo Ministério Público de São Paulo (MP-SP) mostra que em quase metade dos casos (45%) o crime foi cometido que o ex-companheiro não aceitou o fim do relacionamento.

A Promotoria analisou 364 denúncias de tentativas de feminicídio e feminicídios consumados no estado entre março de 2016 e março de 2017. Duas em cada três vítimas de feminicídio (66%) foram mortas dentro de casa. Quase metade (48%) foi atingida por vários golpes ou tiros. Os motivos alegados pelos homens foram ciúmes, sentimento de posse e machismo.

A promotora Valéria Scarance, que coordenou o estudo, diz que a melhor maneira de evitar a morte é romper o silêncio, já que 96% das vítimas não tinham registrado boletim de ocorrência e nem contavam com medida protetiva para manter os ex-companheios afastados.

“Nenhuma mulher transforma o agressor com o seu amor. É o estado que pode transformar aquele homem. Porque aquele homem nega a violência e culpa a mulher. Daí a importância de que ela noticie a violência, que ela registre o boletim de ocorrência, que ela peça ajuda”, afirma Scarance.

Para o Ministério Público, a denúncia já é uma forma de intimidar o agressor.

Casos em 2019

--:--/--:--

Cinco mulheres são vítimas de feminicídio no estado de SP nos primeiros dias do ano

Pelo menos cinco casos de feminicídio foram registrados no estado de São Paulo apenas na primeira semana de 2019: